Encontre um esporte que você ama!

Eu sempre fui péssima frequentadora de academia. Nunca durei mais do que 2 meses, mesmo com um contrato de 1 ano! Aqueles movimentos repetitivos me cansam, as pessoas felizes tomando shake com gosto de madeira me cansam, as músicas animadas me cansam.

Com todo esse cansaço causado pela academia, eu fui me tornando cada vez mais uma pessoa sedentária, que nunca acordaria cedo pra fazer algum exercício físico. Até que… eu conheci o tênis.

O tênis era um esporte que eu gostava de assistir. Eu achava legal aquelas contagens de ponto malucas e aquele gritinho que os jogadores dão quando batem na bola. Era um esporte que eu tinha vontade de praticar, mas nunca achei que seria capaz.

Passei por um momento difícil na vida e fiz uma promessa: se eu aguentasse aquilo e as coisas melhorassem, eu iria fazer algo que sempre quis fazer e nunca tive disposição. O tempo passou, as coisas melhoraram e eu tive que pensar no que eu iria investir meu tempo. Fui no primeiro treino do tênis e já me encontrei.

Hoje em dia eu sinto falta de treinar. Já acordei 6h30 da manhã pra ir treinar. Já chorei porque o dia tava difícil e não ia dar tempo de ir dar umas raquetadas numa bolinha amarela e peludinha. Eu encontrei no tênis uma atividade física que me faz bem e eu nunca imaginei que isso fosse acontecer na minha vida. Aconteceu! Aos 25 anos, mas aconteceu.

Pra você, que odeia academia tanto quanto eu, só existe um conselho que eu possa te dar: procure uma atividade física que te faz bem. A saúde mental é tão importante quanto a saúde física.

Um beijo!

Anúncios

Medo de mudar? Não tenho (mais)

Oi gente! 🙂

Depois de um tempinho sem blogar, resolvi bater um papo sério.

Quando falei no Snapchat (ameipostei) que tinha mudado radicalmente de profissão, algumas pessoas pediram pra que eu falasse um pouco mais sobre isso aqui no blog.

Já começo falando o clichê mais clichê de todos os tempos: mudar nunca é fácil. No meu caso foram vários dias de choro, tristeza e incerteza até decidir mudar. Mas aí vem outro clichê: no final, valeu a pena.

No início de 2015 eu comecei a pensar que eu queria mudar de área e o blog foi essencial pra que eu escolhesse pra onde eu iria: Comunicação Social. Pesquisei muito pra escolher entre Jornalismo, Publicidade e Relações Públicas. Depois de longas conversas com amigos da área, decidi que RP era o melhor pra mim.

Comecei a estudar pro vestibular da Fuvest em meados de Abril. Pra quem tá precisando de dicas pra estudar sozinha, lá vai: tem zilhões de vídeo-aulas no Youtube. Eu não tinha grana nem tempo e muito menos disposição pra investir em um cursinho pré-vestibular. Então apostei as fichas em estudar sozinha e deu certo.

No meio de muitos problemas pessoais e stress no trabalho, deu certo. Saiu o resultado e meu nomezinho tava lá! Infelizmente a alegria não foi completa. Como muita gente sabe, perdi minha irmã nessa mesma época. Mas ela me inspirava tanto e amava tanto a profissão que eu tenho certeza que ela ficaria feliz por mim ❤

Trote ECA USP

Pra quem não sabe, eu fazia Química na faculdade e, lá no meu segundo ano, eu já não estava mais feliz. Eu trabalhava num colégio como estagiária e, mesmo trabalhando pouco (18 horas por semana), eu ficava cansada, a hora não passava o dia não rendia e tudo era chato, sabe?

Agora, mesmo no início do primeiro semestre de Relações Públicas, eu já consegui outro estágio e, mesmo trabalhando mais, eu estou mais disposta e a hora no trabalho até passa mais rápido que antes ahaha.

Não é fácil mudar. A gente tem que abrir mão de algumas certezas. Mas aqui vai um conselho: trabalhar com o que a gente gosta faz bem. Eu acho que o cansaço físico é muito menos danoso que o cansaço mental. Se a gente passa o dia inteiro ocupada e não dorme direito, é só dar uma descansada no fim de semana que tudo melhora. Mas quando a nossa mente não tá bem, quando a gente não dorme direito há dias e quando a vida tá chata, é difícil de recuperar as energias, sabe?

Eu já tinha passado do terceiro ano e sabia que muita gente ia me chamar de doida por mudar. Meus pais mesmo ficaram totalmente incrédulos, mas eu achei que seria o melhor e fui. Ninguém sabia o quanto era cansativo passar todos os dias da semana fazendo alguma coisa que não eu não gostava. Acho que quando a gente tá infeliz até a nossa saúde fica comprometida, sabe? E se tem uma coisa que eu tenho pavor na vida é de ficar doente (principalmente depois que perdi minha irmã pra um câncer muito agressivo).

Aceite com toda a humildade e respeito os conselhos das pessoas que te ama, mas ninguém está na sua pele pra saber o que é melhor pra sua vida.

É isso: mude! Não perca a chance de viver melhor. Não gaste a sua preciosa saúde com algo que não te faz feliz.

E pra terminar e descontrair um pouco esse assuntão sério, olha aí eu levando trote ahahha

anigif

Assinatura

Como usar ankle boots na meia estação?

Oi gente!

Não sei vocês, mas estou super animada com o inverno chegando ❤ Roupas quentinhas, botas, casacos…

Mas enquanto ele não chega, temos esses dias de meia estação que fazem calor e frio ao mesmo tempo e a gente não pode sair de casa nem com o look total verão e nem com look total inverno hahaha. Pra esses dias meio doidos eu acho que as Ankle Boots (essas botinhas fofas com cano curtinho) são uma ótima opção, pois combinam com várias peças e dão um up em qualquer look.

Ankle Books Amei Postei 1 Ankle Books Amei Postei 2 Ankle Books Amei Postei 3 Ankle Books Amei Postei 4

Ficam bem com vestido, saia longa, saia curta, shorts, calça legging, skinny, boyfriend e mais mil tipos de looks diferentes. Desde os mais arrumadinhos até os mais despojados. E o melhor é que no mercado existem várias opções de cor, estampas e saltos e aplicações. Eu tenho uma com spikes MARAVILHOSA! ❤

Pra quem ama esse tipo de post aqui no blog, é só me seguir lá no Pinterest! Sempre compartilho muitas inspirações de looks por lá! Inclusive, todas essas imagens são deste meu painel.

Espero que tenham gostado 🙂
Um beijo

Assinatura

Maquiagem para o carnaval: 6 fotos pra você se inspirar

Oi meninas!

Carnaval tá chegando e alguém sempre chama a gente nem que seja pra ir num bloco de rua, né? Acho que a maquiagem para o Carnaval é uma oportunidade maravilhosa pra ousar um pouquinho mais e testar aquelas cores de sombra ou batom que você raramente consegue usar no dia a dia.

Hoje o post é curtinho, só pra mostrar que eu separei algumas opções mais fáceis de reproduzir em casa pra quem quer uma coisa mais artística, mas não tem muita coordenação motora (e nem talento hahaha).

Olha só:

Maquiagem para o carnaval 1 Maquiagem para o carnaval 2 Maquiagem para o carnaval 3

Todas as imagens são de um painel que eu montei lá no Pinterest. Tem até o passo a passo dessa maquiagem linda do Bowie no painel “Maquiagem para o carnaval“. Já me segue por lá?

Um beijo

Assinatura

Ideias de maquiagem para as festas de fim de ano

Oi gente, tudo bem?

Dá pra acreditar que a gente já passou da metade de Dezembro?? =O Pelo menos pra mim, 2015 passou voando e já estamos na época das mil festas de fim de ano. Tem amigo secreto, confraternização do trabalho, das amigas, da família e a festa de Réveillon.  São muitas maquiagens pra pensar, né? Então resolvi separar aqui algumas ideias pra te ajudar a escolher a maquiagem ideal pra essas ocasiões. Olha só:

1 Sarah Hyland

Sarah Hyland: sombra marrom (com fundo vermelho, tipo chocolate) no côncavo, sombra ouro velho com bastante brilho nas pálpebras, delineado bem fino, sem puxar o gatinho, e muita máscara. Essa maquiagem é simples e um batom vermelho cai super bem.

2 Katharine mcphee

Katharine McPhee: sombra champanhe na pálpebra e um côncavo bem leve com marrom café opaco. O delineado também é mais fino e simples e embaixo, além do lápis preto na linha d’água, tem também a mesma sombra do côncavo bem esfumadinha. O batom mais cremoso foge totalmente da onda dos mattes.

3 Lilly Colins

Lilly Collins: sombra rosê com bastante cintilância e brilho, sem marcar o côncavo e com delineado gatinho e muita máscara de cílios. O blush e o batom tem um tom de rosa bem clarinho e discreto e dão uma leveza ao rosto, já que as sobrancelhas são bem marcadas.

14 Nina Dobrev

Nina Dobrev: sombra marrom claro no côncavo e um champanhe com bastante cintilância nas pálpebras. O delineado é preto e  esfumadinho e a aplicação dos cílios postiços é feita só na parte externa, pra dar uma levantada no olhar.

6 Dascha Polanco

Dascha Polanco: sobrancelhas bem definidas e sombra dourada em toda a pálpebra com um pouquinho de marrom no canto externo e na parte de baixo dos olhos. O destaque fica pros cílios postiços e bastante máscara. Na boca, só um gloss com um pouquinho de cintilância.

7 Jennifer Hudson

Jennifer Hudson: nos olhos, um degradê lindo com sombra prata (num tom de prata velha) e preta opaca. Na parte de baixo tem bastante lápis preto na linha d’água e rente aos cílios inferiores formando um degradê com a mesma sombra prata que foi aplicada na pálpebra móvel. Como o batom uva dá um bom destaque aos lábios, o blush fica bem discreto.

9 Christina Milian

Christina Milian: o destaque da maquiagem fica totalmente nos cílios postiços. Na pálpebra tem só um ponto de luz feito com sombra rosê e um delineado simples. A parte de baixo dos olhos está bem contornada e o batom é um rosa queimado cremoso.

8 Naomie Harris

Naomie Harris: olho bem discreto com sombra marrom no côncavo e lápis preto no contorno dos olhos e esfumadinho na pálpebra móvel. O blush coral fica mais destacado e a boca leva apenas um lipgloss transparente. Nessa maquiagem mais simples é essencial corrigir bem a pele e a sobrancelha!

4 J law

Jennifer Lawrence: sombra marrom bem clarinha no canto externo das pálpebras e muito bem misturada com uma sombra dourada e com brilhos. A parte de baixo tá bem esfumada com uma sombra marrom opaca mais escura e um lápis bege na linha d’água. O batom coral completa a leveza do look

10 Billie Catherine Lourd

Billie Catherine Lourd: o destaque fica totalmente nos cílios postiços com bastante máscara. A pálpebra móvel tem apenas sombra rosê bem cintilante e lápis preto no cantinho externo do contorno dos olhos. O blush e o batom tem tons de rosa bem parecidos, clarinhos e bem delicados.

5 Reese Witherspoon

Reese Whiterspoon: os olhos são bem simples, com sombra bege acetinada e delineado bem grosso e um pouquinho de sombra preta na parte de baixo dos olhos. Quem tem bastante cílios nem precisa aplicar postiços, é só caprichar nas camadas de máscara. O batom e o blush são totalmente mattes e as sobrancelhas são mais naturais.

13 Diane Kruger

Diane Kruger: maquiagem simples, onde todo o destaque fica na pele perfeitamente corrigida e no batom vermelho matte. Os olhos levam apenas sombra dourada com um pouquinho de marrom claro no côncavo (nada muito marcado). Os cílios também não tem muito destaque, apenas uma camada de máscara. O blush e as sobrancelhas tem efeito bem natural.

.E aí, se animou? Espero que tenham gostado 🙂

Se tiverem dúvidas, elogios e sugestões, por favor, deixem nos comentários que eu vou adorar responder!

Um beijoAssinatura